Blog

Reconhecimento de Riscos Químicos para atender  PGR

Reconhecimento de Riscos Químicos para atender PGR

O reconhecimento de riscos é a parte mais importante da higiene ocupacional, é aonde você consegue verificar a existência ou não dos agentes que podem trazer danos a saúde do trabalhador e a exposição a ele, é de suma importância fazer um bom trabalho de reconhecimento a campo.

 

Para o bom reconhecimento de riscos é fundamental que o Higienista:

 

  • visite ambiente de trabalho para realizar as observações detalhadas;
  • fique atento à matéria-prima utilizada;
  • fique atento aos possíveis resíduos utilizados no processo.

 

Algumas ferramentas de auxílio que devem ser utilizados a campo:

 

  • Inventário de Substâncias Químicas NR-01 (PGR);
  • Conhecimento dos processos;
  • APRHO (Análise Preliminar de Riscos para a Higiene Ocupacional).

 

Para um bom reconhecimento de riscos químicos você deve:

 

  • Fazer o levantamento dos possíveis agentes que podem estar presentes no ambiente;
  • Verificar quais são os efeitos tóxicos e os danos. Pode pesquisar na ACGIH ?
  • Fazer um levantamento dos trabalhadores no ambiente de trabalho e conhecer as tarefas que são executadas por cada um deles;
  • Fazer o levantamento da estrutura, das medidas de proteção coletiva,  do espaço de trabalho, de temperaturas e dados de umidade;
  • Analisar a FISPQ – Ficha de Informação de Segurança do Produto Químico;
  • Aplicar a matriz de risco para categorizar.

 

 É fundamental a etapa de reconhecimento de risco químicos porque:

 

  • Tudo deve ser cuidadosamente analisado. Porque se não há risco, é irrelevante ou risco baixo, então não há necessidade de realizar a avaliação quantitativa da exposição e com isto sua empresa poderá reduzir custos.
  • Se a situação de risco não é clara,  uma avaliação quantitativa é necessária.
  • Se o risco é evidente e seu potencial de causar dano para a saúde é grave, portanto, o seu reconhecimento deve bastar para que se recomendem medidas preventivas, o que deve ser feito imediatamente sem esperar pelo processo de avaliação, geralmente demorado e dispendioso, em certos casos de risco iminente de vida, a operação deve ser suspensa.
  • Uma avaliação quantitativa deve ser feita, sim, após a implementação de medidas de controle.

 

Nosso post foi útil para você? Então entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar a sua empresa!

Comentários